Se quiser participar neste BLOG, envie a sua mensagem para o seguinte endereço electrónico: mouriscas.movimento@sapo.pt - - - - - - - - - - - - - - Para nos consultar: http//mouriscasmovimento.blogs.sapo.pt
Sábado, 6 de Janeiro de 2007
MOURISCAS NO SEU DIA-A-DIA

                                                      XIII

 

 

O que poderei pensar da minha Terra?! …Foi nesta freguesia que nasci no fim de Julho de 1932. Assim, devo ainda esclarecer que nasci nos dias grandes e quando o Sol começava a nascer sorridente para uma parte do Globo Terrestre.

Foi nesse dia que mais comecei a crescer e felizmente abrindo os olhos para ver o mundo, com a claridade desse Sol Divino e fecundo que nos deu toda a semente para germinar frutos e mais frutos que nos sustentam toda a vida.

O homem, pela natureza que o concebeu pode ser pequeno e ter a alma grande, como pode ter bom ou mau coração, normas que regem o seu próprio temperamento, astúcia e eficácia. Nesta freguesia também nasceram homens de grande talento, outros, talvez pela dureza e modo de vida que encontraram e sem recursos seguiram outros rumos, como teria sido o meu caso, que a cortar cabelos e convivendo com as várias camadas sociais, confesso que teria contribuído para o desenvolvimento dos meus conhecimentos, relativamente a esta freguesia de Mouriscas, onde vi com entusiasmo o grande conceito e crescimento do ensino e da arte em várias áreas, onde as pessoas de boa vontade se poderão distinguir e assim com muito brio poderemos continuar esta rubrica.

 

                                      “Em Mouriscas , Ferrarias”

 

Só com muito brio,         

Afirmarei a minha Terra.  

Mouriscas no seu dia a dia        

Continua com alegria,                   

A mostrar como dantes era.         

 

A tradição do passado,                    

Que lá vai tão distante,                   

Quando se cantava o fado,                    

Era o tempo bem passado          

Nesse som tão vibrante     

 

Mouriscas alguns dias

Também se representou,

Ouvindo as melodias

No Largo das Ferrarias

A nossa Terra consagrou.

 

Com os grandes artistas

Nesse tempo a representar

Eram os melhores fadistas

Cantores, ou outros artistas

Com muitos aplausos e a bisar.

 

                                                                     Joaquim António de Matos

 



publicado por mouriscasmovimento às 19:01
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

MOURISQUENSES ADOPTIVOS...

M O U R I S C A S ! ...

MOURISCAS COM ROCK INTERN...

...

Mensagens dos leitores (5...

Mensagens dos leitores (5...

MOURISCAS NA ROTA DO SEU ...

No próximo domingo...

Mensagens dos leitores (5...

Mensagens dos leitores (5...

arquivos

Outubro 2011

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Agosto 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds